A renda variável tem possibilidades de investimentos bastante dinâmicas. Na bolsa de valores, é possível ter uma postura de investidor – focando no longo prazo – ou de especulador – obtendo ganhos a partir das oscilações de curto prazo.

E qual é a melhor estratégia? A resposta a esta pergunta depende dos seus objetivos. Quem busca obter rendimentos com especulação, por exemplo, pode acreditar que fazer operações como o day trade vale a pena.

Neste post, vamos ajudar você a entender melhor justamente o day trade – uma das principais estratégias utilizadas por investidores com perfil especulativo. Ao final do artigo você terá informações mais consistentes para avaliar se o day trade vale ou não a pena para você.

Acompanhe a leitura a partir de agora!

O que é day trade?

Como dissemos, o day trade é uma modalidade de operação na bolsa de valores visando o curto prazo. Além deste tipo de operação, existem muitas outras, como o swing trade, que se refere a negociações realizadas em prazos maiores do que um dia.

O position trade é outra maneira possível de especular na bolsa. Nesse caso, as operações podem levar semanas ou meses para serem finalizadas. Já o day trade funciona como o nome sugere: a compra e a venda dos ativos se dá no mesmo dia.

Ou seja, um especulador que opera day trade sempre finaliza suas posições e recolhe o lucro ou prejuízo a cada final de horário na bolsa. A prática é vista como uma maneira de manejar os riscos, já que não há exposição a surpresas no início do próximo pregão.

As operações podem durar desde alguns minutos até algumas horas, a depender das decisões do especulador e do que ele percebe no mercado. E, como se trata de negociações curtas, é normal que uma pessoa realize diversos day trades ao longo do pregão. 

Assim, o day trade costuma ser a operação mais conhecida entre os trades – e entre aqueles que desejam especular no mercado, pois ele apresenta possibilidades de ganhos em um curtíssimo espaço de tempo.

Qual é a importância do especulador no mercado?

Antes de saber se o day trade vale ou não a pena, é interessante conhecer a importância daqueles que realizam estas operações para o próprio mercado da renda variável de maneira geral. 

Como você viu, as operações realizadas por especuladores acontecem em volume significativo na bolsa. Eles costumam estar sempre atentos às variações do mercado, realizando compras e vendas rápidas e dinâmicas ao longo do dia. 

Logo, este conjunto de especuladores agrega algo fundamental ao mercado financeiro: liquidez.

A liquidez representa a facilidade com a qual você consegue transformar seus ativos em dinheiro. Caso um investidor tenha uma ação de baixa liquidez, será mais difícil encontrar compradores quando ele quiser vendê-la.

Já quem tem na carteira ativos com maior liquidez é capaz de realizar a venda rapidamente, dentro de poucos segundos ou minutos depois da emissão da ordem. Em um mercado onde não existissem especuladores, o volume de operações seria menor e a liquidez seria muito mais baixa.

Os investidores com foco no longo prazo se baseiam em análises específicas – como a análise fundamentalista – para escolher as empresas às quais desejam se manter como sócios. Se apenas eles operassem na bolsa, seria mais difícil comprar e vender ativos rapidamente, certo?

Por outro lado, os traders partem da análise técnica, baseada em gráficos, para encontrar oportunidades nas oscilações. Então, eles estão constantemente negociando ativos – o que aumenta a liquidez para os investidores na bolsa.

Portanto, por mais que identifique que, para você, não vale a pena ser trader, é fundamental compreender a importância destes agentes para o mercado como um todo.

Afinal, day trade vale a pena?

Chegou a hora de ajudarmos você a responder se o day trade vale ou não a pena. Algumas pesquisas de mercado mostram que viver de especulação é uma tarefa difícil. Mas será que isso invalida as vantagens do trade?

Na verdade, é preciso encarar o fato de que o day trade traz riscos e os especuladores podem ter prejuízos, caso não operem com qualidade. Por isso, quem busca conhecimentos e ganha experiência está mais bem posicionado – e tem maiores chances de obter êxito como day trader.

Se você quer ganhar dinheiro com as negociações de curto prazo na bolsa precisa estudar o assunto, desenvolver um bom manejo de risco e treinar bastante o uso de ferramentas eficientes para o trabalho. 

O primeiro passo é conhecer as vantagens e desvantagens da operação. Então, confira as principais delas a seguir!

Possibilidades atrativas de ganho

Sem dúvida, uma das principais vantagens do day trade é a oportunidade de obter ganhos atrativos. Com operações eficientes, é possível encontrar rendimentos maiores na comparação com outros investimentos do mercado no curtíssimo prazo.

Nas operações de curto prazo, há a chance de ter boa rentabilidade em um tempo muito menor. Isto é, obtendo rendimentos que só seriam possíveis em um prazo muito maior em outras modalidades. 

Contudo, vale lembrar que nada é garantido. Depende de muitos fatores. Além disso, existem riscos maiores também – sobre os quais falaremos mais adiante.

Flexibilidade

Outro ponto positivo, especialmente para quem pensa em atuar como trader em tempo integral, é a flexibilidade. A rotina pode ser bem flexível e dinâmica, já que é viável realizar trades de qualquer lugar.

Além disso, você pode organizar seus horários com autonomia. Ainda que haja um horário fixo para o pregão, nem sempre é preciso acompanhar a todo o momento. Existem recursos (como o stop loss e stop gain) que ajudam a automatizar algumas operações.

Possibilidade de lucrar com o mercado em baixa

De modo geral, investidores que compram ações para o longo prazo só conseguem resultados quando a bolsa está em alta. Se as oscilações forem para baixo, naturalmente os ativos sofrerão alguma desvalorização – pelo menos por um período.

Os especuladores conseguem ter lucro não apenas no período de alta, mas também quando o mercado sofre queda. Isso porque existem possibilidades, como a venda descoberta, que ampliam as oportunidades para day trades.

Alavancagem

Mais uma vantagem do day trade é poder operar com mais dinheiro do que se possui em conta. Com o uso de garantias, o trader pode alavancar o capital de suas operações e ter lucros maiores. Entretanto, é preciso ponderar que os riscos também são alavancados.

Custos

Entrando nas desvantagens, um ponto de atenção para os especuladores são os custos envolvidos nas negociações. Se há a cobrança de taxa de corretagem, por exemplo, o custo final (somando todas as operações) pode ser significativo.

Por isso, vale a pena considerar a taxa antes de escolher uma corretora para investir. Também é preciso ficar atento aos custos com imposto: o day trade é tarifado em 20% do seu lucro. É possível cadastrar eventuais prejuízos para abater do IR.

Riscos

Por fim, não podemos deixar de citar os riscos como uma das desvantagens deste tipo de operação. São eles que fazem muitas pessoas terem dúvida sobre se o day trade realmente vale a pena. Como falamos antes, os riscos existem e precisam ser manejados.

Logo, quem pretende ganhar dinheiro com a bolsa no curto prazo precisa ter cuidado, estudar bastante e controlar sua autoconfiança. Ter uma estratégia eficiente é fundamental para não entrar nas estatísticas de traders que amargam prejuízo.

E então, após conhecer mais sobre esta operação, qual sua opinião: day trade vale a pena? 

Considerando as informações que compartilhamos neste post é possível avaliar melhor seu perfil e os seus conhecimentos para encontrar a resposta. E, caso não se sinta pronto ainda para operar como trader, invista no conhecimento para se preparar melhor para o mercado!

Mas, se você já se sente preparado ou mesmo se já realiza operações deste tipo no mercado, continue estudando e se capacitando para operar cada vez melhor!

Ficou com alguma dúvida sobre este conteúdo? Deixe seu comentário ou entre em contato conosco!

A pontuação dos nossos leitores
[Total: 20 Média: 4.8]