Nesta sexta-feira, 15/05, o Ibovespa fechou em queda de -1,84%, com 77.556,62 pontos. Enquanto isso, as principais bolsas da Europa, Ásia e a dos EUA registraram alta.

Nas notícias internacionais, empresa biofarmacêutica Sorrento Therapeutics, da Califórnia (EUA), declara ter encontrado anticorpo capaz de proteger corpo humano do Coronavírus e retirá-lo do sistema em quatro dias.

De acordo com a empresa, o anticorpo, chamado de STI-1499, pode inibir 100% o Covid-19. Se for confirmada a informação, a descoberta pode permitir que um tratamento para a doença seja desenvolvido meses antes de uma vacina chegar ao mercado.

Entre os destaques da economia, o Índice de Atividade Econômica IBC-Br foi divulgado hoje pelo Banco Central. Considerado uma prévia do PIB, o IBC-Br revelou retração de -1,95% na economia do país no primeiro trimestre desse ano, comparado ao último trimestre de 2019. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o índice teve queda de -0,28%.

E, na política, o destaque foi a saída do ministro da Saúde, Nelson Teich, que pediu demissão hoje.

Após menos de 30 dias no cargo, Teich enfrentou divergências com o presidente Bolsonaro, ao defender as medidas de isolamento para conter a pandemia e advertir contra os possíveis efeitos colaterais do uso de hidroxicloroquina para o tratamento de pacientes com Coronavírus.

A saída de Teich reforça o clima de crise política no país e aumenta a insegurança dos investidores a respeito do rumo do governo, tanto no combate à pandemia de Coronavírus quanto em relação à mitigação de seus efeitos econômicos.

As ações com melhor desempenho no pregão de hoje foram das empresas CIA Hering (HGTX3), que registrou alta de +7,83%, sendo negociada a R$ 11,97, e Braskem (BRKM5), que registrou alta de +5,73%, sendo negociada a R$ 23,44.

Enquanto isso, o pior desempenho foi da empresa Suzano, que registrou queda de -5,28%, sendo negociada a R$ 45,03.

O dólar comercial apresentou alta de +0,40% e vai a R$ 5,85.

A pontuação dos nossos leitores
[Total: 11 Média: 5]