Educação Financeira

5 dicas para estabelecer suas metas financeiras para o próximo ano!

Por
Voltar

Na hora de estabelecer metas financeiras para um novo ano, é importante tomar alguns cuidados. Afinal, essa é uma tarefa que precisa ser realizada de acordo com a realidade de cada pessoa, além de exigir bastante organização.

Começar colocando os objetivos no papel é uma boa ideia. Contudo, um bom planejamento financeiro é ainda mais importante na hora de garantir que você esteja sempre alinhado às motivações certas. Além desse ponto, neste artigo serão abordadas outras sugestões que podem fazer a diferença no resultado final.

Se você deseja conhecer 5 dicas que ajudam no estabelecimento de metas financeiras concretizáveis, continue a leitura e dê o primeiro passo para alcançar seus sonhos no próximo ano!



Começando a investir? Obtenha agora um ebook grátis com 4 dicas de investimentos.



1. Seja realista

Ser realista é o primeiro passo para determinar metas financeiras adequadas. Portanto, é fundamental que elas sejam possíveis de serem alcançadas.

Por exemplo, de nada adianta estabelecer que guardará metade de seu salário se uma porcentagem maior dele já estiver comprometida com as despesas da casa. Então, estabelecer objetivos que estejam fora da sua realidade pode gerar frustrações.

Além disso, é muito importante saber diferenciar metas de desejos. Apesar de ser possível adicionar suas vontades à lista, é fundamental ter em mente que conquistar um propósito é algo que depende de força de vontade e determinação — e não apenas de sonhos.

Sendo assim, liste itens com as quais você consiga se envolver verdadeiramente ao longo do ano. Por fim, terá mais chances de cumprir com o que adicionar em seu planejamento.


2. Especifique os objetivos

Estando com a lista de metas financeiras em mãos, é hora de definir as estratégias para alcançá-las. Isso significa trabalhar com objetivos sólidos. Nesse sentido, é interessante saber quais são suas opções.

Vamos imaginar que uma de suas metas seja a compra de um carro. Apenas escrevê-la em um papel não é suficiente para conquistá-la, certo? É necessário criar planos de ação. Dessa maneira, uma boa ideia para começar é trabalhar com possibilidades diferentes.

Você pode, por exemplo:

adquirir um carro novo em uma concessionária;

buscar por anúncios de automóveis usados online;

financiar o veículo dos sonhos;

ir a uma empresa de seminovos etc.

Apesar de se tratar de apenas um exemplo, a aquisição do veículo traz um panorama interessante a quem deseja organizar boas metas. Ele mostra que é preciso conhecer as diversas possibilidades por trás do objetivo principal.

Desse modo, é possível selecionar as que melhor se encaixam em sua realidade — conforme abordado na primeira dica. Em suma, priorize o estabelecimento de objetivos – e seus respectivos custos – para chegar onde deseja!


3. Trabalhe com prazos

Além de saber quais são os meios para alcançar suas metas, uma excelente dica é delimitar quando deseja fazer isso. Nessa hora, é importante conhecer os conceitos de metas de curto, médio e longo prazo.

As primeiras são aquelas a serem realizadas em alguns meses. As segundas costumam estar dispostas em um período de um a dois anos, em média. Por fim, as últimas visam a um prazo um pouco maior.

Saber lidar com prazos é fundamental na hora de estabelecer metas financeiras. Esse passo permite que você enxergue com maior clareza que, por mais empolgante que um novo ano seja, nem sempre é possível realizar tudo o que se deseja no curto prazo.

Do mesmo modo, ainda que as metas de médio e longo prazo peçam mais de um ano para serem alcançadas, isso não significa que você não deva começar a buscá-las o mais rápido possível.

Assim, os prazos ajudam você a tomar um grande passo na busca por seus objetivos. Eles promovem a priorização – permitindo que você direcione suas energias de maneira organizada. Dessa forma, você saberá o que pode ser concretizado, de fato, no novo ano e o que começará a caminhar para se concretizar no futuro.


4. Organize o orçamento

Agora que você estabeleceu metas possíveis, estudou diferentes formas de chegar até elas e delimitou prazos, é o momento de conhecer o caixa disponível para auxiliar a jornada. Ou seja, é hora de organizar suas finanças.

A primeira sugestão, nesse sentido, é observar seu extrato e as movimentações financeiras do último ano. Ao fazer isso, você visualizará seus principais gastos. Dessa forma, saberá para onde vai grande parte do seu salário.

Em seguida, é uma boa ideia separar as despesas fixas das variáveis. Indo além, é interessante também listar as essenciais das dispensáveis. Essas atitudes estimularão uma maior noção de planejamento financeiro e facilitarão a tomada de decisões.

Ao compreender, com o máximo de exatidão possível, quanto entra e quanto sai de seu bolso a cada mês, você estará apto a economizar e direcionar o excedente para perseguir seu propósito. Por fim, é interessante considerar a possibilidade de construir uma reserva de emergência.

Ela diz respeito, conforme seu nome indica, a um montante reservado às emergências. Desse modo, impede que você gaste com o que lhe distancia da conquista de suas metas financeiras enquanto lhe traz tranquilidade para lidar com situações emergenciais.


5. Faça investimentos

Por fim, a maneira mais simples de se certificar que o que você poupou seja direcionado aos seus objetivos é investir.

É comum que as pessoas juntem uma quantidade de dinheiro e, depois de um tempo, esqueçam o motivo por trás de tê-la poupado. Investir dinheiro pode ser uma boa solução para evitar essa situação.

Existem diversos produtos e ativos disponíveis no mercado financeiro. Ao escolher aqueles que melhor se adéquam às suas metas, você colocará seu planejamento em prática e ficará mais próximo de realizar seus objetivos.

Contudo, para garantir resultados que podem otimizar suas finanças, é fundamental conhecer seu perfil de investidor. Em seguida, é preciso alinhar suas metas aos investimentos e fazer escolhas diversificadas para cada um dos seus objetivos.

Como você descobriu ao longo desse post, saber como estabelecer metas financeiras de forma concretizável é importante para organizar as finanças e definir investimentos mais adequados a elas. Então, antes do novo ano se iniciar, que tal usar as dicas deste artigo para definir suas metas financeiras para o futuro?


Caso queira conhecer as alternativas de investimento que estão disponíveis no mercado, não deixe de entrar em contato conosco para saber como podemos ajudá-lo!


Robô trader