Educação Financeira

7 Passos para acumular patrimônio e viver de renda

Por
Voltar

Se você deseja saber como viver de renda, é comum que se pergunte sobre as melhores formas de acumular patrimônio suficiente para isso. Contudo, a resposta pode não ser tão simples quanto se imagina. Na verdade, não existe uma fórmula pré-definida.

O caminho para o acúmulo de bens — e para a independência financeira — depende da realidade de cada pessoa. Então, é importante analisar suas particularidades financeiras e definir metas alinhadas a elas. Além disso, é fundamental contar com organização e foco.

Quer começar agora mesmo? A seguir, você verá quais são os 7 passos para viver de renda!

1. Eliminar dívidas

As dívidas podem ser um problema pouco percebido. Elas surgem pequenas e podem parecer inofensivas no início. Mas, com o passar do tempo, tendem a aumentar cada vez mais. Em certos momentos, o cenário pode culminar em uma grande bola de neve.

Se elas fazem parte da sua realidade atualmente, é interessante que o primeiro passo tomado rumo à independência financeira seja a quitação de seus débitos. Ou, pelo menos, a organização das pendências e o planejamento dos pagamentos.

Ao fazer isso, busque manter a calma. Pense racionalmente sobre as melhores estratégias para resolver os problemas e negocie com as empresas. Em muitos casos, a negociação pode render excelentes descontos no valor final da dívida!

Dar o primeiro passo permitirá lidar melhor com as suas finanças. Na medida em que as dívidas forem sendo quitadas, terá mais dinheiro disponível sobrando. Então, será possível aumentar as economias para o acúmulo de seu patrimônio.



Baixe gratuitamente o nosso simulador de investimentos



2. Controlar o orçamento

Como você viu, a organização é um dos principais fatores necessários na hora de acumular patrimônio. Sem delimitar metas realizáveis e definir boas maneiras de atingi-las, o caminho pode se tornar mais difícil.

De modo a garantir que você se aproxime com maior rapidez de seu objetivo final, é uma boa ideia manter o controle de suas contas. O desafio é listar:

• o montante que entra de renda;

• as despesas fixas e variáveis;

• as contas que podem ser cortadas ou reduzidas do orçamento;

• o valor que sobra depois de arcar com todos os custos do mês.

Tais registros permitem manter um controle financeiro completo e detalhado. Assim, a organização da rotina orçamentária fará a diferença no dia a dia. Por fim, você poderá definir o melhor caminho para economizar dinheiro e direcioná-lo ao objetivo de acumular patrimônio.

3. Manter um planejamento financeiro

Além de saber tudo o que entra e sai de suas contas, é interessante delimitar objetivos. Afinal, não basta controlar o orçamento — é preciso planejá-los. Um exemplo é determinar um valor mensal para poupar e investir.

Ao planejar suas finanças adequadamente, você poderá definir tetos de gastos para seus custos mensais e metas de poupança. Imagine que, ao analisar sua realidade, uma pessoa decide separar 500 reais mensais na intenção de amparar seu acúmulo patrimonial.

Ao colocar todas as informações necessárias para atingir essa meta na ponta do lápis, fica mais fácil decidir o que fazer. Logo, será possível encontrar a melhor forma de economizar ou até mesmo gerar novas fontes de renda para ter o dinheiro.

4. Investir dinheiro

Viver de renda significa investir dinheiro e, basicamente, fazer com que ele trabalhe para você. A multiplicação do patrimônio no mercado financeiro oferece um atalho para o seu objetivo final.

Mas quais são as formas mais simples de saber onde investir de maneira alinhada às suas demandas? Esse é um questionamento bastante comum, em especial no caso de quem está começando a lidar com o tema.

A decisão depende de uma série de fatores. Alguns exemplos deles incluem:

• conhecer seu perfil de investidor;

• selecionar as alternativas que melhor se alinham ao perfil;

• trabalhar com metas de investimento realistas — e buscar cumpri-las;

• procurar pela constante aprendizagem em relação ao assunto;

• manter o foco e a disciplina.

5. Identificar maneiras de ganhar mais

Se acumular patrimônio e viver de renda é o seu objetivo, não é indicado apenas confiar na rentabilidade dos investimentos. Embora eles possam multiplicar o seu dinheiro, o ideal é sempre se esforçar para ter aportes consistentes.

Assim, é interessante também se planejar em relação ao seu futuro. Como você pode aumentar sua capacidade de investimento? Uma das principais formas é incrementando sua renda — seja com ascensão profissional ou com possibilidades de renda extra.

Alguns exemplos são:

• conferir suas habilidades e pensar em formas de monetizá-las no tempo livre;

• capacitar-se profissionalmente para crescer no mercado de trabalho;

• empreender e abrir um negócio escalável, para aumentar seus ganhos.



Começando a investir? Obtenha agora um ebook grátis com 4 dicas de investimentos



6. Incrementar os investimentos

Na hora de investir, é importante saber como tomar decisões mais eficientes. Montar uma carteira de investimentos diversificada, por exemplo, é uma das maneiras mais simples de fazer isso.

A diversificação traz diversas vantagens. Em especial, aos que desejam investir para viver de renda. Algumas delas são:

• redução de riscos;

• possibilidades de melhores rendimentos;

• proteção ao patrimônio que você já tem;

• constante aprendizagem;

• gestão de prazos;

• crescimento como investidor etc.

É interessante retomar a ideia de conhecer seu perfil de investidor. Ele orientará a tomada de decisão necessária ao encontro dos melhores investimentos. Além disso, busque frequentemente conhecimento sobre o mercado de trabalho.

7. Manter aportes frequentes

Constância é outro fator capaz de agregar ao acúmulo de patrimônio. Afinal, não basta começar a investir. É preciso manter a disciplina nos aportes. Então, nosso último passo é realizar aportes frequentes para alcançar seus objetivos.

Sabendo disso, não se esqueça de controlar seu orçamento, sempre planejando as melhores maneiras para chegar às suas metas. Assim, o sonho de viver de renda poderá ficar cada dia mais próximo!

Conclusão

Como você viu, acumular patrimônio é algo possível de ser feito. E não precisa ser tão difícil. Contudo, o processo exigirá paciência e constância — e conhecimento sobre educação financeira e investimentos.

Ao seguir os 7 passos que conferiu neste conteúdo, será mais simples organizar os caminhos até os objetivos a serem alcançados — o que tende a encurtar a jornada rumo à independência financeira!

Você tem alguma outra sugestão ou dica para compartilhar sobre o tema? Então, não deixe de comentá-la abaixo ou nos contar sua opinião em relação ao conteúdo!



Quer investir com a ajuda de um especialista? Receba o auxílio gratuito de um assessor de investimentos



Robô trader