Notícias

Bolsa volta a avançar com ânimos em relação à vacina

Por
Voltar

Segunda-feira (23/11) começa promissora a todos os acionários mundiais motivados pela esperança da vacinação principiar agora, em dezembro, nos EUA.

Embora medidas sanitárias extensivas tenham sido aplicadas em várias nações, o otimismo generalizado elevou as transações nos pregões a ponto de Kospi (Coréia do Sul), por exemplo, bater novo recorde.

No oriente, a tensão sino-americana reduziu, mas não foi totalmente eliminada, haja visto que o governo Trump vetará 89 empresas aeroespaciais chinesas de terem acesso a produtos tecnológicos ianques.

Ainda assim, essa ameaça não foi suficiente para afetar os humores do mercado local asiático que fechou em terreno positivo.

Na zona do euro, as potências organizam as restrições da quarentena antevendo os períodos festivos natalinos e virada do ano.

O Reino Unido planeja reduzir as restrições até o Natal, já a França, fará uma redução gradativa em 3 fases, por fim, na contramão está a Alemanha que pretende ampliar o lockdown.



Baixe gratuitamente o nosso simulador de investimentos



Nos EUA, o Federal Reserve sinalizou que pretende aumentar as ações monetária, por isso foi favorável ao pedido do Departamento do Tesouro em devolver os fundos não utilizados aos empréstimos de emergência.

Assim, encerram os pregões na Ásia: Xangai Composto (China) +1,09% a 3.414,49 pontos, Shenzhen Composto (China) +1,25 % a 5.005,03 pontos, Kospi (Seul) +1,92% a 2.602,59 pontos, Taiex (Taiwan) +1,18%, a 13.878,01 e Hang Seng (Hong Kong) +0,18% a 26.486,20 pontos. Exceto, Nikkei (Japão) que não operou em razão do feriado.

Majoritariamente negativas terminaram as bolsas na Europa: FTSE 100 (Londres) -0,28% em 6.333,84 pontos, CAC 40 (Paris) -0,068% a 5.492,15 pontos, FTSE MIB (Itália) -0,024% a 21.701,79 pontos, DAX (Alemanha): -0,078% a 13.126,97 pontos, IBEX 35 (Madri) +0,041% a 7.981,20pontos e PSI 20 (Lisboa) +0,57% a 4.449,39 pontos.

Os futuros da Dow Jones (às 15h45) registravam 29.498,49 pontos com elevação de +0,80%. O S&P 500 com alta de +0,36% a 3.570,41 pontos.

Ibovespa

A operação do Ibovespa avançou bem durante todo dia, terminando valorizada em: +1,31% a 107.433 pontos.

Nas altas tem-se: PRIO3 (6,94%), CSNA3 (6,75%), BRF SA (5,81%), PETR4 (5,66%) e USIM5 (4,98%).

Já as baixas foram: CRFB3 (-5,19%), PCAR3 (-3,35%), CIEL3 (-3,07%), MGLU3 (-2,72%) e HYPE3 (-2,65%).

Dólar

Moeda americana ganha força +1,02%, fechando cotada a R$ 5,449.

Cenário Doméstico

Por aqui, foi decretado estado de calamidade pública no Amapá e o mercado eleva a perspectiva para Selic em 2021 ficando na ordem dos 3%.

Por fim, segundo o economista-chefe do ING: “o efeito combinado do aumento dos gastos e da queda na arrecadação de impostos relacionada à recessão deve resultar em uma grande deterioração fiscal em 2020”.



Quer investir com a ajuda de um especialista? Receba o auxílio gratuito de um assessor de investimentos



Robô trader