Educação Financeira

Buy and hold: o que é, como funciona e quando seguir essa estratégia?

Por
Voltar

Investir em Ações visando o longo prazo pode ser uma estratégia interessante para investidores que buscam menor volatilidade. Enquanto alguns aproveitam as oscilações da bolsa para lucrar, como é o caso dos traders, outros podem contar com o buy and hold.

Em português, o termo buy and hold significa “comprar e segurar”, o que traz uma ideia sobre seu significado. Neste artigo, você acompanhará as principais características dessa estratégia. Assim, você conseguirá avaliar se ela é ou não útil para o seu caso.

Continue lendo para saber mais!

O que é o buy and hold?

O buy and hold é uma estratégia que visa a compra de ativos que ficarão na carteira de investimentos por um período prolongado. O foco geralmente são Ações de empresas sólidas e com boa perspectiva.

Os investidores que possuem Ações têm, em geral, duas opções. A primeira é comprar e vender ativos brevemente (no curtíssimo ou curto prazo). A segunda é tirar proveito de seus resultados no longo prazo.

No primeiro caso, de especulação, a análise não se mantém nos fundamentos por trás do ativo. Isso porque seu maior foco é lucrar com a volatilidade de preços. Em vista disso, o trader utiliza a análise técnica para perceber tendências nas cotações.

Já no longo prazo, são as oscilações que não se mostram tão importantes. Afinal, o investidor acredita no potencial futuro da empresa. Para se certificar desse potencial, quem investe costuma estudar o mercado e analisar profundamente a realidade do negócio.

Logo, compra papéis de boas empresas, que apresentam perspectiva de crescimento no longo prazo. A intenção não é vender suas Ações em breve. A venda se dá quando elas atingem o que se acredita ser a valorização máxima ou quando perdem fundamentos.

E é disso que se trata o buy and hold. O investidor “buy and holder” busca ter Ações com as maiores chances de trazer os resultados no futuro. Além disso, pode se beneficiar dos dividendos.

Quais são as principais características do buy and hold?

Conforme dito, a primeira — e principal — característica do buy and hold é seu caráter temporal. Ele é voltado ao longo prazo.

Contudo, mais alguns pontos fazem parte dessa estratégia. Conheça-os!

Qualidade das empresas

A segunda maior característica de uma estratégia de buy and hold é a presença de companhias de alta qualidade. Isso é importante, visto que é preciso que as empresas sejam promissoras para que tragam os resultados esperados.

E, para isso, é interessante que o investidor realize uma análise fundamentalista. Esse tipo de análise, de caráter qualitativo, pode ajudá-lo a conhecer:

• a situação financeira da organização;

• o ROE (Retorno sobre o patrimônio líquido);

• o histórico de resultados;

• o balanço patrimonial;

• os detalhes sobre a governança do negócio;

• o fluxo de caixa etc.

Essas informações também podem ajudar a prever o comportamento dos ativos em relação ao mercado. Afinal, fatores externos às empresas impactam seus resultados de longo prazo — e devem ser considerados.

Ampla adesão

O buy and hold é usado por investidores de todo o mundo. A estratégia não se limita a determinados tipos de conjunturas econômicas ou países. Assim, pode ser usada por qualquer investidor que deseje ter ativos em seu portfólio de investimentos no longo prazo.

A relevância do “compre e segure” é tão grande que investidores famosos — como Warren Buffett — fazem uso dele. Benjamin Graham, escritor do livro “O Investidor Inteligente”, também fazia uso dessa estratégia.

Já no Brasil é possível relacionar o buy and hold ao economista, advogado e maior investidor individual do país, Luiz Barsi.

Guardar x esquecer

Ao conhecer o que é buy and hold, é importante saber que o conceito não significa “buy and forget”. Ou seja, comprar e esquecer um ativo em sua carteira. A estratégia pede que a performance das Ações seja analisada periodicamente.

Isso porque as empresas podem não ter os mesmos fundamentos de quando você comprou as Ações. Assim, o ideal é avaliar se os ativos continuam sólidos e de alta qualidade. Se isso não acontecer, pode ser importante rever a composição do portfólio de investimentos.

O mesmo pode ser dito para ativos que atingiram o que o investidor acredita ser a valorização máxima. Sendo assim, é importante avaliar riscos e oportunidades ao usar o buy and hold.

Quais as vantagens e desvantagens dessa estratégia?

Caso o buy and hold faça sentido para seu perfil de investidor e objetivos, é preciso atentar a algumas vantagens e desvantagens da estratégia. Como potenciais benefícios, é possível citar:

• redução de custos, visto que o investidor terá menos gastos com taxas e outras cobranças ao realizar menos operações de compra e venda;

• tranquilidade em meio às oscilações, pois o foco está no longo prazo;

• praticidade, uma vez que não é preciso operar todo dia ou semana na bolsa.

Já em termos de pontos negativos, é impossível não citar o risco. Isso porque o buy and hold não é garantia de bons resultados na renda variável. O risco continua sendo significativo e deve ser considerado.

Sem uma gestão de riscos adequada, existem chances de que o investidor não atinja os resultados desejados ou até mesmo tenha perdas.

Quando seguir a estratégia do buy and hold?

Agora, você sabe tudo sobre o buy and hold. Já consegue decidir se a estratégia é interessante ou não para o seu caso? Isso depende, como vimos, do seu perfil de investidor e objetivos.

Seguir o buy and hold pode ser interessante quando o foco é no longo prazo e voltado aos investimentos em Ações. Mas também é importante que o investidor esteja disposto a estudar antes de investir, a fim de escolher empresas com bons fundamentos.

Já se o seu perfil for conservador ou você tiver objetivos de curto prazo, o buy and hold pode não ser o ideal. Nesse caso, há alternativas — como a renda fixa para conservadores e a especulação para arrojados voltados ao curto prazo.

Seja como for, conte conosco para se manter informado sobre o mercado. Ao conhecer mais sobre a bolsa de valores, você pode amparar suas estratégias de investimento — como o buy and hold!

Quer saber aproveitar as melhores oportunidades no mundo dos investimentos? Confira nosso artigo sobre os ciclos do mercado!


Banner