Educação Financeira

Como encontrar médias móveis ao fazer análise técnica?

Por
Voltar

Na bolsa de valores, os preços dos ativos e derivativos costumam se mover com bastante intensidade no intraday. Isso possibilita a realização do day trade, uma operação especulativa que consiste em abrir e encerrar uma posição de mercado no mesmo dia.

Para aumentar as chances de êxito nesse tipo de operação, muitos traders utilizam a análise técnica e indicadores técnicos — como as médias móveis. Se você ainda não conhece essa estratégia ou quer aprender mais sobre ela, acompanhe este conteúdo!

Nele, você verá como encontrar médias móveis ao fazer a análise técnica para especular no mercado com mais precisão. Confira!


Quer investir com a ajuda de um especialista? Receba o auxílio gratuito de um assessor de investimentos


O que é análise técnica?

Antes de aprender sobre conceitos mais técnicos sobre as médias móveis e seu uso em estratégias de especulação, vale a pena revisitar o que é a análise técnica.

Também chamada de análise gráfica, essa é uma forma de fazer a leitura do mercado por meio de figuras gráficas, como linhas, barras e candlesticks (velas). Ademais, a formação das figuras acontece de acordo com as movimentações de preços de um ativo ou derivativo.

Por serem mais completos, os candlesticks estão entre os favoritos dos traders. Suas informações de preço de abertura e fechamento, máximas e mínimas, além de coloração para alta e baixa, facilitam o entendimento da movimentação dos preços.

Além disso, uma sequência de diversos candles pode formar padrões gráficos que auxiliam na tomada de decisões. E, para aumentar a precisão dos trades, podem ser utilizados indicadores como as médias móveis.

O que é média móvel?

De modo geral, a média móvel é um indicador técnico presente na análise gráfica. Ela representa o cálculo da média de cotações em um determinado período escolhido pelo trader. Com isso, traz informações importantes que costumam ser utilizadas para embasar a decisão de compra ou venda.

Por meio de uma média móvel, é possível identificar se o ativo analisado está em tendência de alta ou de baixa. Na prática, isso pode ser determinante para o trader decidir se realizará operações de compra ou de venda no dia, por exemplo.

Elas também são utilizadas como pontos de suporte ou resistência. Ou seja, regiões no gráfico onde o preço pode encontrar dificuldade de atravessar. Assim, o trader consegue ter uma noção do ponto de entrada ou local ideal para fixar seu stop, se isso fizer sentido na estratégia utilizada.

Como ela funciona?

Entendendo os conceitos de análise técnica e médias móveis, vale a pena entender como se dá o seu funcionamento. Desse modo, será possível avaliar se ela deve ser adicionada ao seu operacional.

Em seu funcionamento, a média móvel utiliza os preços entre a cotação atual e a de um período anterior e plota uma linha no gráfico. Com ela, o trader tem a possibilidade de escolher o preço que será levado em conta para seu cálculo — abertura, fechamento, máxima ou mínima.

Normalmente utiliza-se o fechamento. Por exemplo, se você selecionar uma média móvel de 9 períodos, a linha representará o fechamento dos últimos 9 candles em relação à cotação atual. Já o tempo gráfico é selecionado pelo trader, podendo ser de minutos, horas, dia, semanas, meses etc.

Caso seja utilizado o período diário, no exemplo dado, o indicador apresentará a média dos últimos 9 dias de negociação. Ademais, o especulador pode selecionar o tipo de média móvel de sua preferência para a análise.

Conheça as 3 principais:


Aprenda a operar opções com o nosso treinamento Invista em Opções


Média móvel simples

A média móvel simples é formada pelo cálculo do preço médio, atribuindo o mesmo peso para todos os candles utilizados. Uma média de 21 períodos, por exemplo, analisaria o fechamento dos 21 candles anteriores.

Média móvel exponencial

A média móvel exponencial, por sua vez, utiliza um cálculo um pouco mais complexo. Isso porque ele considera um peso maior aos últimos candles formados, e menor peso para os mais antigos. A proposta é enfatizar as movimentações mais recentes.

Média móvel ponderada

Por fim, a média móvel ponderada, assim como a média móvel exponencial, dá diferentes pesos a dados distintos. Isso é feito por meio da multiplicação de um fator de ponderação pelo preço de cada candle e posterior soma dos valores resultantes. Isso tende a diminuir os “ruídos” do mercado.

Qual a sua importância ao fazer análise técnica?

Como foi possível perceber, a média móvel fornece informações importantes para o trader que utiliza a análise técnica. Por esse motivo, ela é um dos indicadores mais utilizados entre os operadores do mercado financeiro.

Como as operações de day trade são muito dinâmicas, o especulador precisa estar atento a diversos fatores capazes de influenciar em uma cotação. E a média móvel tem a vantagem de mostrar em tempo real o comportamento dos preços. Logo, ela entrega mais informações para o trader operar.

Afinal, as chances de sucesso na bolsa de valores tendem a aumentar se suas decisões forem pautadas em boas análises e estratégias eficientes. Assim, o uso das médias móveis torna mais fácil se posicionar no mercado e até mesmo fazer projeções de preço para definir os melhores trades.

Contudo, vale a pena destacar que existe um indicador capaz de prever todas as movimentações que acontecerão. Portanto, as médias móveis não devem ser o único indicador a ser utilizado nas suas operações, sendo importante conhecer outras ferramentas de análise técnica.


Conheça nosso novo treinamento Academia de Investidores na Bolsa de Valores


Como encontrar médias móveis em uma análise técnica?

Ao chegar até aqui, você já reúne bastante conhecimento acerca das médias móveis, mas ainda pode ter dúvidas sobre como encontrá-la ao fazer uma análise técnica. Correto?

Em regra, as médias móveis podem ser encontradas em uma plataforma trader — uma ferramenta digital utilizada para acessar as negociações da bolsa de valores. Elas são disponibilizadas pelas corretoras de valores aos investidores que possuem conta.

Ao acessar essa plataforma, geralmente é preciso abrir o gráfico do ativo que pretende o operar, selecionar o tempo gráfico e inserir a média móvel desejada. Como você viu, será possível indicar sua periodicidade, o tipo de média, e o dado que será utilizado no cálculo.

Após concluir essas etapas, você também consegue alterar sua coloração e até incluir outras médias móveis com métricas e padrões diferentes, para trabalhar com seu cruzamento. E não deixe de acrescentar outros indicadores que estejam alinhados com suas estratégias na análise.

Conseguiu compreender como são utilizadas as médias móveis na análise técnica? Seu uso pode auxiliar bastante em operações de curto ou curtíssimo prazo — principalmente no day trade. Porém, antes de começar a operar, avalie o seu perfil e objetivos financeiros para escolhas mais acertadas.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos para que eles também conheçam essa estratégia!


Calculadora de IR