Notícias

Em dia de correção, Ibovespa fecha em leve queda de 0,25%

Voltar

Depois da alta otimista de ontem, marcada pela expectativa do encaminhamento da reforma administrativa e aprovação legislativa do marco regulatório para o gás natural, a Bolsa corrigiu 0,25% nesta quarta-feira (02).

Embora tenha apresentado nesta manhã uma elevação de 0,70%, o Índice começou a cair na primeira hora da sessão. O que impactou essa queda foi o movimento interpretado pelos analistas como uma realização de lucros após forte avanço anterior e também por queda nos preços das ações da Vale e de bancos.

A novidade de hoje em termos nacionais é que foi dada a largada na circulação da nota de R$200, anunciada pelo banco Central há algumas semanas. Através de uma cerimônia transmitida pelo YouTube, o BC confirmou hoje que a imagem do lobo-guará foi escolhida para estampar a nova cédula.

Segundo a diretora de administração do Banco Central, pessoas que sacarem dinheiro na cidade de Brasília ou em algumas outras capitais “já podem se deparar com a nota de R$200”. Só nesse ano, 450 milhões de notas serão colocadas em circulação pela rede bancária.

Maiores altas do pregão:

• Fleury (FLRY3) – 6,60%

• Totvs (TOTS3) – 3,46%

• Hypera (HYPE3) – 3,42%

Maiores baixas:

• Suzano (SUZB3) – 4,12%

• Cosan (CSAN3) – 3,15%

• Klabin (KLBN11) – 2,68%

No Mercado europeu, as bolsas fecharam em alta. Na Coreia do Sul, a bolsa teve alta de 0,35%, enquanto que na Austrália, a alta foi de 1,84%. Já Alemanha e Espanha atingiram percentuais de 2,07% e 0,57%, respectivamente.

Em Nova York, o cenário também se mostrou positivo. O índice de Dow Jones atingiu 1,59% de alta, o S&P 500 alcançou 1,54% e Nasdaq ficou com 0,98%.

O dólar comercial apresentou baixa de 0,61%, chegando ao patamar de R$5,36.


Banner Palhano Investimentos

Luis Outi

https://investidorindependente.com/

Amante do mercado financeiro. Trabalho no mercado financeiro desde 2008, especializado no mercado de renda variável e de derivativos, também conhecido como opções.