Educação Financeira

Gerenciamento de risco no day trade: 6 Dicas essenciais!

Por
Voltar

A popularização da especulação, com promessas de ganhos fáceis e rápidos, levou muitas pessoas ao prejuízo no mercado financeiro. Mas há formas de tentar reduzir as perdas nesse processo. A principal é seguir uma boa estratégia de gerenciamento de risco no day trade.

Esse método envolve uma análise criteriosa dos riscos envolvidos, o perfil do investidor, o capital disponível e os objetivos perseguidos. Isso permite que o operador faça um planejamento estratégico capaz de identificar quando ele deve operar day trade — e quando não deve.

Neste artigo, você aprenderá a importância do gerenciamento de riscos para o trader e acompanhará 6 dicas essenciais que podem ajudar a obter bons resultados em suas operações. Confira!


Começando a investir? Obtenha agora um ebook grátis com 4 dicas de investimentos


O que é day trade?

O day trade é a compra e venda de um ativo ou derivativo no mercado financeiro dentro do mesmo dia. Nesse sentido, o operador de mercado precisa abrir e encerrar a sua posição até o final do pregão. E isso pode ser feito em horas, minutos ou segundos.

A perspectiva de abrir e encerrar uma posição de forma tão rápida pode trazer a aparência de ser uma atividade fácil. Contudo, estudos recentes da Fundação Getúlio Vargas (FGV) revelam que mais de 90% das pessoas que fazem day trade perdem dinheiro.

Portanto, a dificuldade não reside em comprar e vender ao longo do dia, mas em finalizar o dia com lucro. Geralmente, as pessoas com maiores chances de perder são aquelas que ingressam nessa atividade sem saber controlar o risco.

O mercado financeiro é conhecido por ser soberano, ou seja, ninguém exerce seu controle. Dessa forma, é preciso entendê-lo e saber se organizar em relação aos possíveis cenários e atitudes que serão adotadas.

O que é gerenciamento de risco?

O gerenciamento de risco é o processo de identificação das ameaças e situações indesejadas em um cenário atual ou futuro. Além disso, envolve o planejamento, organização e controle de recursos técnicos e financeiros diante desses cenários.

Analisar os riscos permite antever as possibilidades do mercado, sejam elas boas ou ruins. Assim, o trader, ciente dessas possibilidades, poderá planejar suas ações, tanto diante de um cenário positivo, quanto do negativo.

Imagine um cenário em que você esteja posicionado e o mercado vá contra sua posição. Nesse caso, é melhor assumir um prejuízo controlado, ou aguardar até que o mercado volte e mude e direção? A resposta para essa pergunta depende de uma boa análise de riscos.

O trader que saiba gerenciar o risco poderá encerrar sua posição — assumindo o prejuízo controlado — e aguardar a próxima oportunidade. Afinal, quem conhece o mercado financeiro sabe que é praticamente impossível acertar todas as operações.

Sem um bom manejo dos riscos, aguardar o retorno do mercado pode ser bastante prejudicial. Apesar de haver chance de ter sucesso, se o mercado continuar progredindo na direção contrária as perdas serão muito maiores.


Baixe gratuitamente o nosso simulador de investimentos


6 Dicas essenciais para seu gerenciamento de risco!

Como você viu, ter um gerenciamento de risco no day trade pode ser a melhor forma de um trader garantir a longevidade no mercado. Saber perder pouco e ganhar muito é uma das lições para um especulador.

Porém, é sempre pertinente avaliar a sua realidade e aplicar as dicas que fazem sentido para você. Confira 6 pontos importantes!

1. Conheça bem o mercado

Estudar o mercado que você pretende operar é fundamental para iniciar sua jornada de sucesso e encontrar as oportunidades. Conhecer os horários com maior volume de negociações e maior volatilidade, por exemplo, pode ser útil.

2. Não acompanhe a manada

Já ouviu falar sobre o efeito manada? Quando há uma movimentação financeira muito grande em um curto espaço de tempo, alguns operadores podem ser movidos pela emoção de medo ou euforia no mercado. Assim, podem montar ou desmontar posições sem estratégia.

No entanto, esses comportamentos erráticos de mercado podem levar a grandes erros e prejuízos. Então, seguir a manada sem reflexão crítica não é interessante.

3. Saiba a hora de parar

Em muitas profissões existe um dia em que nada dá certo, não é mesmo? No mercado financeiro não é diferente. Caso você se encontre no dia em que, a despeito da técnica utilizada, as operações não caminham para o lado positivo, considere parar.

Não tente buscar lucro todos os dias ou recuperar todo seu prejuízo rapidamente. Essa matemática geralmente não funciona. Tenha em mente que a bolsa de valores abre todo dia útil e novas oportunidades surgem.

E lembre-se: busque por lucros altos e prejuízos baixos. O objetivo da especulação não é evitar a perda a qualquer custo. Pelo contrário, em muitos momentos é preciso realizar o prejuízo para continuar seguindo sua estratégia.


Aprenda a operar opções com o nosso treinamento Invista em Opções


4. Confie na sua estratégia e nas suas próprias operações

Muitas pessoas estudam e traçam estratégias para operar no mercado. Mas, quando vão executá-las, fracassam. Pode ser o medo ou mesmo a incerteza de que está seguindo uma direção adequada.

Mas é importante ter clareza do que o leva a confiar na sua estratégia. Então, foque nela e tente não se deixar influenciar por outros operadores. O que funciona para eles pode não funcionar para você.

5. Use ferramentas de gestão de risco

A tecnologia está a favor do trader. Atualmente, existem diversas ferramentas que facilitam o encerramento de posições de forma automática. É o caso de:

• stop loss — mecanismo automático que encerra a posição do trader, caso seja atingido o valor de prejuízo determinado. Utilizá-lo é uma boa forma de gerenciar as perdas e evitar surpresas enquanto opera.

stop gain — ele encerra automaticamente a posição do operador dentro de um cenário de lucro previamente estipulado. Seu uso pode impedir que uma operação vencedora se torne perdedora.

6. Controle suas emoções

O controle emocional é um dos pilares do trader. Operar day trade demanda concentração e agilidade — e a emoção pode afastar a capacidade de tomar decisões racionais. Então, procure desenvolver seu autocontrole e manter as emoções em equilíbrio.

Agora você sabe como fazer um melhor gerenciamento de risco no day trade. Como vimos, a especulação é uma atividade arriscada. No entanto, existem formas de contornar essas dificuldades por meio de uma boa estratégia!

Gostou do conteúdo ou ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário e participe!


Calculadora de IR