Notícias

Ibovespa avança 2,12% seguindo exterior

Por
Voltar

Bolsa de valores opera em alta de 2,12% e 104,677 pontos seguindo bolsas internacionais. O bom desempenho foi motivado por queda no número de casos do COVID-19 e com presidentes de bancos centrais se apresentando mais cuidadosos.

Por aqui, Paulo Guedes falou no 39° Encontro Nacional de Comercio do Exterior que pretende definir logo novo programa social substituto do bolsa família e focar na reforma fiscal.

O ministro da Economia voltou a debater a ideia de criar um novo imposto sobre “transações digitais”, parecido com a antiga Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF), logo após ter descartado a possibilidade duas semanas atrás.

Paulo Guedes ainda negou que a aplicação de uma nova CPMF resultaria em aumento de impostos no país. Segundo ele, apenas compensaria a desoneração da folha de pagamentos, incentivo fiscal criado por governo anterior com objetivo de geração de novos empregos.

Ainda no mesmo evento Guedes confirmou a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial caso haja segunda onda de contágio por COVID-19.

Hoje, o Presidente Jair Bolsonaro manifestou interesse em comprar lotes da vacina CoronaVac, caso a mesma seja aprovada pela Anvisa e Ministério da Saúde.

Destaque para o Banco Central que divulgou dados do IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), que registraram bons números de recuperação na atividade econômica no terceiro trimestre. Segundo o indicador, a alta foi de 1,29% no mês de setembro, acima do 1% esperado por analistas.



Baixe gratuitamente o nosso simulador de investimentos



Movimentação das ações

Maiores altas:

• Estacio Part (YDUQ3) – 9,22%

• IRB Brasil (IRBR3) – 7,70%

• Notre Dame Part (GNDI3) – 7,01%

• Embraer (EMBR3) – 6,70%

Maiores Baixas:

• Multiplan (MULT3) – 2,48%

• Magazine Luiza (MGLU3) – 1,77%

• Iguatemi (IGTA3) – 1,63%

• Marfrig (MRFG3) – 1,46%

Dólar 

O dólar caiu 0,07%, fechando a cotação em R$5,48.

Mercado Internacional

Novamente, as bolsas da Europa encerraram o dia no positivo influenciadas por provável eficácia da vacina produzida pela farmacêutica Pfizer, somada à divulgação de números positivos do PIB na zona do euro no terceiro trimestre. Desta forma fecharam os principais índices: em Paris, o CAC-40 avançou 0,33%; o DAX de Frankfurt subiu 0,18%; em Madrid, o IBEX-35 ganhou 0,75%; e o FTSE MIB de Milão apresentou alta de 0.41%.

Nos EUA, os principais índices também apresentaram alta. O Dow Jones avançou 1,37%, o S&P 500 operou com ganhos de 1,36% e o Nasdaq Composite cresceu 1,02%.



Quer investir com a ajuda de um especialista? Receba o auxílio gratuito de um assessor de investimentos


Calculadora de IR