Educação Financeira

Banco ou corretora: qual escolher?

Voltar

Antes de começar a investir, é necessário ter conta em um banco ou uma corretora de valores. Cada uma das instituições apresenta as próprias características. Assim, há vantagens que fazem com que uma se destaque em relação à outra.

É importante conhecer o seu perfil e os seus objetivos para tomar uma decisão mais acertada. Com base nas informações, você poderá decidir se considera melhor fazer os seus investimentos com a mediação de uma corretora ou de um banco.

Neste artigo, você conhecerá as diferenças entre as instituições e entenderá como escolher. Boa leitura!

O que é uma corretora de valores?

Corretora de valores é a instituição responsável por intermediar a compra e venda de diferentes investimentos. Por ser independente, ela disponibiliza ativos e produtos das mais diversas instituições financeiras em sua plataforma.

Dessa forma, os investidores têm acesso a uma ampla gama de ativos financeiros dos mais diferentes emissores. Significa que é possível aportar dinheiro em investimentos diversos da renda fixa sem precisar abrir conta em cada banco emissor.

Com a corretora, também é possível investir na bolsa. Basta acessar o home broker para comprar e vender os ativos disponíveis na B3.



Começando a investir? Obtenha agora um ebook grátis com 4 dicas de investimentos



Como funcionam a corretora e o banco?

Você provavelmente já conhece o funcionamento de um banco. Afinal, as instituições bancárias estão muito presentes nas nossas vidas para o gerenciamento do dinheiro. Elas são bastante utilizadas, por exemplo, para recebimentos de salários.

Se você tem conta em banco, talvez já saiba que ele também oferece a possibilidade de investir. No entanto, ao contrário das corretoras, nem sempre há disponibilidade de muitas opções de investimentos. Em geral, grandes bancos só ofertam seus próprios produtos.

As corretoras também são empresas financeiras, mas têm foco total em investimento. Elas não funcionam como um banco. Isso significa que não é possível fazer empréstimos e financiamentos, pagamentos de boleto, transferências para contas de outro titular etc.

O objetivo da corretora é oferecer um ambiente para que as pessoas possam investir em renda fixa ou variável, de acordo com o perfil de cada um. Como o foco dela é nos investimentos, geralmente a estrutura oferecida é mais rica e diversificada — beneficiando o investidor.

Quais são as diferenças entre investir em bancos e corretoras?

Você já viu algumas diferenças no funcionamento de corretoras e bancos. Agora, entenda quais são as principais particularidades de cada instituição no momento de investir o seu dinheiro:

Variedade de produtos

A diversidade é uma das diferenças principais entre ambas as instituições – como você já deve ter percebido. Em geral, as corretoras oferecem uma grande variedade de investimentos — que costumam também ser mais atrativos do que os encontrados nos bancos.

A tendência é que, no caso das instituições bancárias, as ofertas sejam limitadas ao próprio interesse delas. Assim, além de haver pouca variação, pois só existem produtos do próprio banco, as rentabilidades tendem a ser limitadas em relação às alternativas do mercado.

É importante lembrar que as corretoras não oferecem apenas um tipo de ativo. Nelas, você poderá encontrar diferentes opções que podem ser interessantes para sua carteira, como títulos públicos e privados, fundos de investimento, debêntures, ações entre outros.

Rentabilidade

Como as corretoras apresentam uma gama maior de possibilidades para você compor a carteira, é natural que se encontrem possibilidades de rentabilidades maiores do que nos bancos. Há boas opções disponíveis até mesmo para os pequenos investidores.

De outro lado, os grandes bancos costumam oferecer produtos que oferecem rentabilidades maiores apenas para investidores de maior capital – como investimentos de renda fixa diferenciados. Então, as corretoras podem ser mais acessíveis ao pequeno investidor. Logo, fica mais fácil criar estratégias para diversificar os investimentos e buscar um melhor retorno.

Serviços personalizados

É comum que os bancos ofereçam um atendimento personalizado para clientes com alto capital investido. Ainda assim, os serviços realizados por eles são muito variados. Os gerentes de banco precisam se organizar com empréstimos, transferências, financiamentos, investimentos e outros.

No caso das corretoras, mesmo quem está iniciando no mercado financeiro tem acesso a serviços personalizados. Lembre-se de que o foco delas é investimentos. Então, a equipe da instituição pode trabalhar com maior qualidade ao se especializar em um único tipo de serviço.

Além disso, é comum que corretoras ofereçam facilidades, como assessoria de investimentos – que ajudam os investidores a conhecer as possibilidades de investimento – e relatórios de análise. São formas de o investidor ganhar mais confiança nas suas decisões, aumentando seus conhecimentos sobre o mercado.



Baixe gratuitamente o nosso simulador de investimentos



Por que investir em uma corretora?

Agora que você conhece as características das corretoras e as diferenças entre elas e os bancos, pode analisar cada instituição e decidir qual opção é melhor para o seu caso. Como você viu, a corretora de valores apresenta vantagens bastante atrativas.

É possível ter acesso a ativos financeiros mais variados em um mesmo lugar. Além disso, há a possibilidade de contar com o apoio de uma assessoria de investimentos, garantindo um atendimento mais personalizado do que aquele oferecido pelos grandes bancos.

As assessorias de investimento vinculadas à corretora representam um diferencial ainda mais relevante. Afinal, elas oferecerem um atendimento muito mais personalizado quando comparado ao gerente de banco. Então, o investidor tem condições de conhecer e entender melhor as opções do mercado.

Uma possível desvantagem das corretoras está no fato de que você precisa transferir o dinheiro da sua conta bancária para a conta da corretora. No entanto, atualmente, já é possível fazer as transações de maneira prática e, muitas vezes, gratuita.

Qual corretora escolher?

Decidiu investir a partir de uma corretora? Então, é importante analisar alguns fatores antes de escolher a melhor instituição para os seus investimentos.

Fique atento, por exemplo, às taxas. O valor de cobranças, como a taxa de custódia e a de corretagem, pode variar entre as instituições. Então, vale a pena avaliar qual tem melhor custo-benefício.

A estabilidade do home broker também é outro ponto que deve ser analisado por quem quer investir em renda variável. É necessário entender se o sistema de compra e venda de ativos financeiros é confiável.

Outro detalhe é a diversidade de produtos que a corretora oferece. Lembre-se de que é importante diversificar a carteira. Um bom atendimento também é fundamental. Você deve ser atendido de forma atenciosa e rápida — contando com informações transparentes.

Por fim, uma das estratégias para fazer uma boa escolha é procurar por uma corretora consolidada no mercado, que ofereça a segurança que você procura para os seus investimentos — como a XP Investimentos.

Gostou de conhecer as diferenças entre as instituições financeiras? Como foi possível perceber, as corretoras apresentam inúmeras vantagens em relação aos bancos. Então considere as dicas que demos para escolher a melhor instituição para os seus investimentos!

Quer apoio para encontrar a corretora ideal para investir e ter maior êxito em seus aportes? Entre em contato conosco e descubra como podemos lhe ajudar!



Quer investir com a ajuda de um especialista? Receba o auxílio gratuito de um assessor de investimentos


Banner

Luis Outi

https://investidorindependente.com/

Amante do mercado financeiro. Trabalho no mercado financeiro desde 2008, especializado no mercado de renda variável e de derivativos, também conhecido como opções.