Educação Financeira

Onde investir para fazer seu dinheiro render mais? Descubra!

Voltar

A falta de hábito dos brasileiros em investir faz com que não seja tão alto o número de investidores em nosso país. Quando se compara a países com uma cultura de investimento mais forte, como os Estados Unidos, é possível ver que o Brasil ainda não tem tantas pessoas interessadas no assunto.

Por aqui, a aplicação mais popular é a caderneta de poupança. Contudo, precisamos saber que investir dinheiro é diferente de poupar. Na verdade, deixar um valor na conta não traz muitas vantagens.

Então, onde investir o dinheiro para fazê-lo render mais? Veja a resposta ao longo deste post e acompanhe várias dicas práticas para você aumentar seu patrimônio respeitando seus objetivos e perfil de investimento!

Vamos lá?

Como fazer seu dinheiro render mais?

O primeiro passo para saber como o seu dinheiro pode render mais é entender que investir significa buscar rentabilidade para o seu capital. Ou seja, o objetivo do investidor é monetizar o próprio dinheiro — recebendo rendimentos por ele.

É por isso que a poupança não se faz tão interessante. Embora ela apresente alguma rentabilidade, as taxas são muito baixas – o que pode fazer seu dinheiro perder valor para a inflação. Então, ao deixar dinheiro na poupança, você pode estar perdendo poder de compra.

Fazer o dinheiro render é, basicamente, colocá-lo em investimentos que possam gerar retornos positivos. Contudo, a escolha é relativa. O mercado financeiro oferece alternativas com rendimentos e outras características diferentes.

Assim, você não deve olhar apenas para a possibilidade de resultados financeiros, mas também para as demais particularidades. Por exemplo, o prazo do investimento, o seu risco e a liquidez (que é a facilidade com que o dinheiro pode ser resgatado).

As decisões de uma carteira de investimentos devem se basear no seu perfil de investidor e nos seus objetivos. Os objetivos lhe indicam o que você deseja conquistar e o perfil lhe mostra quais riscos está disposto a correr.

Por que é tão importante considerar tais aspectos? Porque investir olhando apenas para a rentabilidade pode fazer com que você corra muitos riscos e acabe não tomando as melhores decisões para cada objetivo que tem.



Começando a investir? Obtenha agora um ebook grátis com 4 dicas de investimentos



Onde investir na renda fixa para o dinheiro render mais?

Agora, vamos abordar algumas alternativas para quem deseja fazer investimentos mais vantajosos — isto é, que rendam mais. É interessante dividir as opções disponíveis do mercado entre renda fixa e renda variável para ficar mais fácil de entender.

A renda fixa é o grupo de investimentos considerado mais seguro. Ele usufrui de maior estabilidade, porque não está exposto às oscilações da bolsa de valores. A forma de rendimento das aplicações é definida pelo emissor do título.

De modo geral, a rentabilidade de muitos dos ativos de renda fixa se aproxima da taxa de juros básica do Brasil — a taxa Selic. Nos últimos anos, ela vem diminuindo, o que acabou tornando algumas aplicações menos atrativas.

Ainda assim, quem deseja fazer o dinheiro render mais tem opções de onde investir com taxas um pouco maiores na comparação com a caderneta de poupança. Confira alguns exemplos:

Tesouro Selic

Apesar de não oferecer rentabilidades acima da média, o Tesouro Selic tem a vantagem de render mais do que a poupança. Ele apresenta uma taxa de juros que acompanha a Selic, logo, remunera o investidor em 100% dela.

É uma alternativa conservadora e mais segura, podendo servir bem a objetivos como reserva de emergência, planos de curtíssimo prazo etc.

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA é outra opção de título público que também pode ser interessante na renda fixa. O rendimento dele se dá de acordo com a taxa de inflação e um valor prefixado. Então, você sempre terá ganhos acima da inflação.

Pode ser uma alternativa interessante para objetivos com prazos maiores – por exemplo, a aposentadoria.

CDBs

Os CDBs (Certificados de Depósito Bancário) são títulos populares da renda fixa privada. Eles são oferecidos por instituições financeiras e podem apresentar rentabilidades atrativas — geralmente, instituições menores atraem investidores com taxas acima da média do mercado.

Além disso, quanto maior o prazo de vencimento do título, maiores são as chances de encontrar rendimentos mais interessantes.

LCI e LCA

As chamadas Letras de Crédito (Imobiliária e do Agronegócio – respectivamente, LCI e LCA) são mais duas alternativas na renda fixa para quem deseja saber onde investir para que o dinheiro renda mais.

Elas contam com a vantagem de não cobrar Imposto de Renda. Então, seu rendimento pode ser maior em comparação com outras alternativas de renda fixa.

Debêntures

Outra opção para os investidores que buscam formas de ganhar mais na renda fixa são as debêntures. Elas são emitidas por empresas e funcionam como um empréstimo.

Algumas podem oferecer taxas atrativas — mas é preciso ficar atento aos riscos. Afinal, trata-se de um título de dívida de uma empresa – havendo, portanto, risco de crédito.

Onde investir na renda variável para o dinheiro render mais?

Depois de conhecer aplicações mais conservadoras, é interessante saber mais também sobre investimentos da renda variável.

De modo geral, é possível encontrar, na renda variável, oportunidades de maiores ganhos. Mas vale a pena ter cuidado, pois as possibilidades de rentabilidade maior são acompanhadas de riscos maiores, devido à volatilidade do mercado.

Então, os investimentos em renda variável devem ser feitos com um manejo de risco. Por exemplo, certificando-se de investir um dinheiro que você não precise no curto prazo.

Além disso, um cuidado importante é diversificar suas escolhas para evitar ficar exposto a apenas um tipo de risco. E, claro, avaliar seu perfil de investidor – a fim de identificar se estas alternativas estão alinhadas à sua tolerância a riscos.

Conheça algumas opções de investimentos para fazer seu dinheiro render mais na renda variável:

Ações

As ações são um dos investimentos mais conhecidos da bolsa de valores. Elas representam pequenas partes do capital social de uma empresa, de modo que quem as mantém participa da sociedade da companhia.

Uma das formas de lucrar com ações é recebendo distribuição de lucro do negócio. Se você é acionista de uma empresa que compartilha proventos, receberá na sua conta a parte que lhe cabe nesta distribuição.

Além disso, também é possível obter ganhos com a valorização dos papéis ao longo do tempo. Vale destacar, no entanto, que as ações tendem a ser mais alinhadas a objetivos de longo prazo – especialmente devido às oscilações inerentes à bolsa de valores.

Fundos imobiliários

Os fundos imobiliários (FIIs) são mais uma alternativa para investimentos na bolsa de valores. Assim como as ações, eles podem realizar distribuição de proventos — normalmente, em uma frequência maior. Por isso, podem ser interessantes para quem busca por uma renda passiva.

Os FIIs investem no setor imobiliário e são administrados por um gestor profissional. Para investir neles, você adquire cotas do fundo e passa a ter direito a receber parte dos lucros.

Semelhante às ações, as cotas também podem ser vendidas por um valor maior na bolsa – e também podem sofrer com a volatilidade.

Fundos de ações

Outro tipo de fundo de investimento que oferece possibilidades para seu dinheiro render mais são os fundos de ações. A principal diferença em relação a eles e os papéis propriamente ditos é que o fundo conta com gestão profissional.

Então, ao investir por meio de um fundo você não está escolhendo as ações que entrarão no portfólio. O gestor é quem toma as decisões sobre a carteira do fundo — o que costuma ser uma vantagem, especialmente para investidores que ainda não sabem analisar ações com eficiência.

Mais uma vez, entretanto, vale a pena avaliar sua tolerância a riscos e seus objetivos de investimento antes de fazer sua escolha.

Avalie as opções do mercado!

Neste post, você acompanhou diversas alternativas para fazer o seu dinheiro render mais. E agora ficará mais fácil saber onde investir o seu capital.

Tenha em mente que existem alternativas mais seguras e também de maior risco no mercado. E são muitas opções além destas que trouxemos neste post.

Então lembre-se de avaliar as alternativas com cuidado e considerar os riscos, o seu perfil e objetivos para compor um portfólio que possa, de fato, lhe trazer bons retornos no futuro!

E você, o que achou das nossas dicas? Tem dúvidas sobre algum tipo ou modalidade de investimento? Deixe um comentário!



Quer investir com a ajuda de um especialista? Receba o auxílio gratuito de um assessor de investimentos



Calculadora de IR

Luis Outi

https://investidorindependente.com/

Amante do mercado financeiro. Trabalho no mercado financeiro desde 2008, especializado no mercado de renda variável e de derivativos, também conhecido como opções.